quinta-feira, 12 de março de 2009

Quem tem promessa, também morre!


“Há tempo de nascer, e tempo de morrer”

É muito freqüente no meio evangélico ouvir: “Quem tem promessa não morre!” Essa idéia virou um axioma, isto é, uma máxima que encerra uma verdade indiscutível. Tolice, pois o cotidiano revela o contrário, e torna essa proposição um chavão de pregador que não estuda as Escrituras!
No dia dez de março de 2009, faleceu o missionário Alair Scheidt Junior. Alair foi fazer um concerto no forro do auditório da MEUC – Missão Evangélica União Cristã em Ijuí, e ao levar uma descarga elétrica, não resistiu. Deixa a querida Andréia (que está grávida) e a pequena Bia.[1]

Estudei com Alair no seminário em São Bento do Sul. Deixou um bom emprego em Blumenal e foi se preparar na Faculdade Luterana de Teologia. Era um jovem muito prático e que sempre valorizou o trabalho com jovens, essa era a sua marca! Alair estudou quatro anos, com muito esforço passou por todas as matérias, e foi fazer o que sabia fazer de melhor, liderar jovens. Nesses quatro anos em SBS, trabalhou com os jovens locais, foi amigo da galera, sua casa estava sempre cheia, era ponto de encontro para conversar, tomar tererê, jogar Uno, enfim, comungar a fé.
Com toda certeza Alair tinha promessas de Deus, digo com toda certeza, porque sua vida dava frutos, e isso é prova de que ele estava ligado em Cristo. Entregou sua vida e sua família a causa do Reino. Mesmo assim, dormiu no Senhor. Na verdade não tem muito o que falar.


Mas o fato é que diariamente cristãos morrem, sofrem atrocidades, descobrem cânceres, vivem o mal de cada dia. O que alimenta essa discurso triunfalista é que Deus quando quer, intervém, como aconteceu na vida do jovem Jaison Batista, que depois de um acidente de carro, tinha 1% de chance de voltar a vida, e se voltasse, tudo indicaria que ficaria com graves seqüelas. Jaison se recuperou milagrosamente, hoje caminha, fala, raciocina e testemunha do que Deus fez, até o momento em que escrevo essas linhas, nenhuma seqüela foi diagnosticada.

Qual critério Deus usa para agir ou não agir? Será que ele utiliza algum critério? Como explicar que alguns irmãos são recuperados e outros recolhidos? Eu não sei, alguém sabe? De uma coisa tenho certeza, e isso já escrevi aqui no Ócio, Deus é nosso parceiro na construção da história, e com certeza lamenta quando um filho seu é fruto de uma fatalidade.

A nós que ficamos aqui, na sala de espera (?), nos resta orar pelos enlutados, acolher o órfão e a viúva e simplesmente viver, afinal, a morte é parada certa nessa viagem terrestre. Depois dela, Deus será tudo em todos!

“Assim, atribulações e dúvidas não precisam necessariamente fazer a pessoa abandonar a sua fé, mas podem ser expressas dentro do âmbito da fé”. (SCHMIDT, 2002. p. 359).

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11.25
_______
[1] Disponível em: http://www.sejameuc.com.br/novo/noticias.php?codigo=66 Acesso em 10 de mar de 2009.

10 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Aquino,

Texto lúcido e verdadeiro. O triunfalismo evangélico tem feito muito dano nas mentes das pessoas, que acreditam que são super-crentes.

Graça e Paz.

Rodrigo de Aquino disse...

Olá Juber,

esse dano na mente e na fé evangélica está gerando danos, em alguns casos, irreversíveis.

obrigado pela visita!

rodrigo

Anônimo disse...

gostei da sua sala de espera.
será que há distribuição de senha?
tenho certeza que recebemos agua ... as vezes frias e outras quentes, dificil de engolir. nesta sala eu não me importo de esperar!
abraços,
Raquel

Mario disse...

Talvez porque hoje não estou muito "pra cima" mas me deu uma tristeza muito grande qdo li seu post...


"Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;"

É possível existir saudades de um lugar onde vc nunca esteve? O céu por exemplo! Ou é uma centelha do divino em nós?

De ontem pra hoje me deu saudades, ou talvez fuga dos problemas...

Abraços meu irmão!

Claiton Pommerening disse...

Os que vão antes de nós, nos fazem ter mais nostalgia em relação ao céu. Que assim seja! Mas Ele também consola os que ficam, antecipando assim o céu na terra.
Claiton

Rodrigo de Aquino disse...

Olá Raquel,

em relação a distribuição de senha, e não sei, fiquei até imaginando uma sala com aquelas máquinas de imprimir senhas...

Olá Mario,

não creio em centelha divina no ser humano, mas a descrição do paraíso que nos chega através do txt bíblico, nos faz querer ir para láh, afinal vivemos numa realidade diferente da descrita pela Bíblia.

Olá Claiton,

realmente, o consolo em Cristo são respingos daquilo que um dia nos encharcará!

obrigado a todos pela visita!

Hi Masaru disse...

O Junior morreu dia 11, não precisa fala bonito e enche d floreio teu texto pra parece algo normal.....é um fato, não sei c tu realmente conheceu o junior ou só ta passando adiante essa "informação", mas eu te digo no que ele acreditava: A Morte foi vencida por Jesus cristo e todo que nele acredita, por mais que morra de corpo, levantara da terra e caminhara do lado de Jesus, com um corpo novo, imortal e incurruptivel, e aqueles q estiverem vivos, serão transformados por Deus, para conhecerem a alegria da Vida Eterna com Deus e Jesus

Hi Masaru disse...

ps: desculpa o tom de raiva no coment a cima, mas a morte do junior é algo que marco d mais aki em ijui, e não to acostumado a aceita q qm c entrega a cristo morre.....
ñ morre não, apenas sai do convivio dos pecadores e vai para perto de deus.....a morte no sentido q c tem og, a de deixar este mundo, é algo irracional e pouco relevante para o que receberemos depois daki

Rodrigo de Aquino disse...

Olá Hi,

tudo bem, não precisa se desculpar.
quero fazer algumas considerações:

1 - conheci o Junior, convivi com ele por longos quatro anos no seminário, e sei no que ele acreditava. Deixei tudo isso bem claro no txt, leia com calma.

2 - não floreei o fato, nem quis torná-lo banal, pois a morte de um amigo nunca será normal para quem o perde.

3 - leia o versículo bíblico que encerrei o txt.

Querido ou querida Hi, quero que saibas que apesar de nao estar mais convivendo com o Junior, o tinha em alta estima, e sempre perguntava para alguém sobre o trabalho dele em Ijui, me importava com ele, como me importo com cada colega que estudou comigo em SBS.

quanto a data, me apoei numa ligação que recebi e no site sejameuc.com.br

mas se lhe ofendi com meu txt, peço-lhe perdão!

rodrigo

Anônimo disse...

Há uma música nas paradas do sucesso: http://www.vagalume.com.br/marquinhos-gomes/nao-morrerei.html bem na contramão deste texto.

Abraços,
Claudio.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...