terça-feira, 11 de outubro de 2011

A tua Palavra escondi...e ainda não achei...


Grandes pensadores já constataram a ignorância bíblico-teológica que assola a comunidade cristã. Mas na verdade, nem precisa ser grande pra sacar isso, basta conviver na comunidade e bater um papo aqui e acolá, ver os preletores que arrastam multidões e tudo se torna claro.

William Craig disse que encontramos pessoas convertidas nas igrejas, mas que converteram somente o coração, esqueceram de levar a mente cativa a Cristo, são pessoas que até nasceram de novo, mas ainda pensam como não cristãs.[1] Muito disso se deve ao neopentecostalismo, que isolou versículos bíblicos e fez do cristianismo um meio pra se dar bem na vida. Então, pra que me preocupar em aprender as doutrinas bíblicas? Se tudo que eu preciso é: saber dominar o mundo espiritual e determinar a minha vitória!

Não adianta ser só apaixonado por Deus (pra usar palavras da hinologia atual), tem que ser apaixonado pela sua Lei e nela meditar sempre. Não serão sucessos musicais que lhe darão a direção diante de dilemas da vida e respostas coerentes diante dos questionamentos dos ímpios.

Ser versado nas doutrinas bíblicas não é exclusividade para meia dúzia de pastores e mestres, mas dever de cada cristão. É claro que dentro da comunidade, irá existir aquele ou aquela que se destaca pela facilidade em aprender e expor as verdades bíblicas, que gosta de se aprofundar e ir mais além. Esse é o dom de Mestre, um dos dons ministeriais. Porém, não precisamos ser todos mestres, nem é essa a vontade de Deus, mas todos precisamos ser conhecedores da Palavra e das doutrinas bíblicas básicas. Disso, ninguém pode abrir mão!

Então, não tem pra onde fugir, quem quiser ser um cristão conforme a Palavra de Deus ensina, precisa correr para a Palavra de Deus escrita, e não essa que tem sido falada e cantada por aí. Vamos aprender sobre a Bíblia, cadê os estudos bíblicos? Tem igreja que até oferece, mas o povo não vai. Onde estão os grupos de discussão sobre temas indispensáveis à fé cristã? E a Escola Dominical, por que anda tão vazia em muitas igrejas? (eu sei, em alguns lugares os professores não ajudam...)

O que não pode acontecer é continuar sendo ignorante teológico. E antes que você diga, Bibo, mas o que conta no fundo mesmo é uma vida de oração e intimidade com Deus. Bobiçada sem tamanho esse argumento, quem busca muito a Deus sem orientação da palavra vira esotérico! Cria heresias. Passa a servir um Deus imaginário e não o das Escrituras. Davi tinha comunhão com Deus, mas ele também sabia manejar a funda!

Vamos correr atrás de uma fé inteligente, vamos defender nossa crença de maneira sábia, vamos nos deixar guiar pela Palavra e pela tradição cristã. Então, estude a Bíblia, estude as doutrinas básicas da fé (justificação/graça/pecado/salvação/Trindade, etc.), leia grandes homens de Deus do passado, procure saber quem são os do presente (e vai perceber que eles repetem os do passado) saia do comodismo e seja um cristão engajado em entender melhor o Deus que nos chamou e nos vocacionou para sermos seus representantes por essas bandas!

PS - Ah, você não gosta de ler? Então procure podcasts cristãos de qualidade, tem uns bons por aí, baixe e ouça quando e onde você quiser.
PS2 - Se quiser entender mais sobre o dom de Mestre, clique aqui.


[1] CRAIG, W. L. Apologética para questões difíceis da vida. São Paulo: Vida Nova, 2003. p. 12ss.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...