quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Teólogo: Que bicho é este?

* Por Fernando Albano

Quem é o Teólogo? O que faz? Qual sua relevância? Primeiramente, devemos compreender que o Teólogo é um sujeito que pensa, raciocina a respeito de Deus. Theós = Deus + logos = razão, portanto, raciocínio, reflexão sobre Deus. Deste modo, teoricamente qualquer pessoa que pensa, questiona, pode ser um teólogo, ou melhor pode teologizar. Mas claro, que Teólogo que se preza, estuda e se prepara para sua função, assim, estuda Teologia e disciplinas afins.

Ainda mais: o Teólogo fala com Deus, luta com Deus, ama e sofre em Deus. Sua vida gira em torno de Deus. Conhece Deus e o ser humano com quem partilha seu saber. Sabe do céu, mas conhece a Terra, sente-se à vontade com livros e gente. Esteve no monte da transfiguração, mas também no jardim da negação. Tem rompantes de fé, mas também ora “ajuda a minha falta de fé”.

O Teológo é gente iluminada pelo saber da Palavra, cuja fé vai em busca de compreensão. Ama a Bíblia e, por isso, faz sua a missão de compreendê-la e comunica-la adequadamente. Mas, sobretudo, ele sabe que sua teologia pessoal, não é a Palavra de Deus, mas apenas esforço humano por compreendê-la e apreendê-la no coração, centro da vida.

O Teólogo é um sujeito que vive na fronteira, entre a paixão e a razão, entre a fé e a dúvida, Deus e diabo, céu e inferno, pecado e graça. Não está assim, por mera vontade, mas por uma vocação irresistível (me desculpe os arminianos). Foi posto por Deus aí, é seu chamado e vocação, está na fronteira para dialogar, questionar, ensinar, perscrutar, sondar, pregar, admoestar, enfim, farejar o sagrado onde quer que esteja para ajudar os homens a encontrá-lo em suas vidas.

Meus parabéns aos Teólogos que têm no Logos de Deus sua maior inspiração!

5 comentários:

ocelio disse...

Nao concordo que para ser teologo necessariamente prescisa-se crer em Deus,pois pode-se observar racionalmente para Deus,so que com olhos "racionais"nunca entederemos as coisas de Deus......

Anônimo disse...

Olá Ocelio... desculpe, mas parece contraditório se ocupar com algo em que não se acredita... deve-se partir do pressuposto da existência de Deus, mas claro que existem modos diferentes de crer... uma é a fé salvífica, de quem procura andar na presença de Deus, outra é mera crença intelectual, mas desacompanhada do amor por Deus. Fernando Albano

. disse...

Eu creio que a Teologia é uma atividade humana e que como tal pode ser efetuada por qualquer um: ateu, espírita e etc. Eu acho que nós temos ainda que diferir entre a teologia individual, do cada, de pensar sobre Deus com a Teologia enquanto ciência. Eu penso que a Teologia enquanto ciência é uma forma científica de observar a teologias da história humana. Mas a Teologia vai agrupar essas teologias conforme a confissão, por exemplo, o pessoal da umbanda que também tem seu seminário de teologia, vão colocar em seu foco aquelas teologias que formam a cosmovisão umbandista enquanto que a Teologia cristã quer entender a perspectiva cristã do mundo. Diante disto, o meu fazer teologia no dia-a-dia vai se tornar mais crítico,mais aguçado.

alcantara disse...

Muito bom o comentario sobre "Teólogo: Que bicho é este?".
Para mim, a materia, e ou, o comentario elaborado pelo professor Fernando Albano, é o suficiente e claro para explicação do termo exposto.
Qualquer "coisa" diferente do que foi exposto, não é teólogia.

Anônimo disse...

Olá estimado Moisés Alcântara! Obrigado por participar e apreciar o texto. Mas claro que este texto não tem palavra final... rrsr.

É um prazer tê-lo conosco em nossa Faculdade Refidim. Abraços fraternos,

Fernando Albano

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...